← voltar

Perguntas Frequentes

Qualquer pessoa que possa comprovar ser descendente de um antepassado italiano tem direito a solicitar a cidadania italiana.

Existem apenas três restrições legais:

1 – Filhos de mulheres italianas nascidos antes de 01/01/1948;

2 – Naturalização brasileira do ascendente italiano;

3 – Problemas com os dados apresentados nas certidões. Neste caso deve-se providenciar as correções necessárias junto aos cartórios.
Se você tem direito à cidadania italiana você deve montar a árvore genealógica da sua família para descobrir quem são as pessoas que lhe transmitem o sobrenome italiano.

Em seguida você deve encontrar os documentos necessários para desenvolver o processo.

Você deve saber que o processo pode ser desenvolvido no Brasil ou na Itália.

No Brasil o processo é feito através de um Consulado Italiano. Demora aproximadamente dez anos. O requerente não precisa ir à Itália. É possível fazer um processo para toda a família.

Na Itália o processo é feito através de um Comune. Demora entre 3 e 5 meses. O requerente deve ir à Itália.
Os documentos exigidos para o reconhecimento da cidadania italiana dependem da formação da árvore genealógica de cada família.

Você precisa reunir apenas os documentos das pessoas que diretamente lhe transmitem a cidadania italiana. Não é necessário apresentar as certidões dos cônjuges (esposas e maridos).

Você precisa ter os seguintes documentos de todos os antepassados que lhe transmitem a cidadania até você:

Documentos do seu antepassado italiano:

– Registro de Nascimento (Estratto dell’atto di nascita) ou a Certidão de Batismo (Certificato di Batesimo);

– Certidão Negativa de Naturalização (essa somente para o italiano).

– Certidões de Casamento;

Documentos brasileiros:

– Certidões de Nascimento;

– Certidões de Casamento;

Obs.: Caso você tenha filhos menores apresente as certidões de nascimento deles, pois recebem a cidadania automaticamente ao final do seu processo.

- Certidões de óbito não são obrigatórias, mas recomenda-se a solicitação e tradução para evitar problemas.
Antes de desenvolver o processo, seja no Brasil ou na Itália, você deve reunir os documentos e prepará-los.

O tempo da reunião dos documentos vai depender das suas pesquisas e sorte.

Algumas famílias são bem organizadas e têm as certidões guardadas, portanto devem solicitar segundas-vias dos documentos e isso demora somente algumas semanas. Já outras famílias devem ainda pesquisar para descobrir onde obter as certidões de nascimento, casamento e óbito dos parentes; e isso exige um tempo muito maior.

Os processos desenvolvidos na Itália demoram menos do que os processos desenvolvidos no Brasil.

Enquanto os processos desenvolvidos no Brasil dependem dos Consulados Italianos e podem demorar aproximadamente 10 anos, o tempo médio de desenvolvimento de um processo na Itália é de 3 meses.
Realizar sonhos, transformar vidas! Isso é o Sangue Italiano!
© Copyright 2018 Sangue Italiano | Todos os direitos reservados | Website desenvolvido por Gabriel Isoton